Quinta-feira, 6 de Janeiro de 2011

Carta de um leitor

Veja bem qual curso irá frequentar...

 

Hoje recebi esta mensagem de um leitor, Fabiano Toledo. Ele escreveu indignado sobre a postura de alguns cursos de pilotagem realizados em Interlagos. Eu já quis escrever sobre isso, mas como pode parecer anti-ético com os colegas professores, deixa que ele abra o bico. Mas assino cada palavra que ele escreveu!

 

Informe-se melhor.

 

Hoje em dia com o crescimento absurdo de adeptos ao mundo das motocicletas esportivas, deu-se também o crescimento de pessoas que acharam um ótimo negócio para se ganhar dinheiro, com isso agora vemos inúmeros cursos, trackday, clínicas.

 

Com tudo isso podemos nos perguntar: - E a qualidade? E a segurança nos autódromos?

 

Sabemos muito bem que, quem compra um motocicleta que ultrapassa facilmente a barreira dos 200 km/h e se dispõe a andar em autódromos está sujeito a beijar o asfalto, porém será que os instrutores não tem uma parcela de culpa desses acidentes?

 

Já presenciei algumas atitudes inadequadas em autódromos, tais como:

 

1) Aluno em treino de iniciantes correndo com a moto usando mais a loucura do que mais precisamente a técnica ensinada pelo instrutor. Será que esse aluno já não deveria ter sido tirado da pista antes de acontecer algo mais grave?

 

2) Alunos com um pouco mais de experiência querendo encontrar o seu limite, na mesma bateria que um tiozinho que apenas está ali para aprender um pouquinho mais e não cair com a esposa nos passeios.

 

Já vi inclusive nesses TrackDays um cara rodando dentro do autódromo de Interlagos de calça djeans, acredita nisso? Como um instrutor e o responsável pelo evento autorizam uma coisa dessas?

 

Onde está a qualidade? Será que com o intuito apenas financeiro não está caindo a qualidade desses eventos?

 

Será que não cabe aos instrutores e profissionais da área, tentar conscientizar os novos adeptos das motocicletas esportivas que eles estão sentados em cima de pequenos foguetes e que isso não é um “brinquedinho de gente grande” como muitos escrevem nas camisetas e sites de relacionamentos?

 

Não estou aqui para simplesmente falar mau dos cursos apresentados hoje em dia e sim mostrar o que anda acontecendo por aí.

 

Moto não é carro, digo isso pois quando se compra um carro novo você vai na loja, tira os plásticos do banco e vai embora. Já uma motocicleta é bem diferente, porque existem ajustes de guidão, manetes e principalmente de suspensão. Tudo isso de acordo com a altura e peso do piloto.

 

Agora a pergunta: - Será que as concessionárias se preocupam com esses ajustes no ato da entrega da moto? Ou apenas ativam as motos e o feliz comprador sai da loja rumo aos passeios e o pior ainda, direto para as pistas de corrida.

 

Conheci no mês passado em Interlagos, um tiozinho que tinha acabado de comprar uma Kawasaki Z1000 e ganhou um mini curso da concessionária. Acreditem ou não, mas o coitado acho que foi em uma loja qualquer de acessórios e o vendedor empurrou o que ele tinha disponível naquele momento pois o “piloto” estava vestido com uma calça, bota e luva MotoCross! acredita nisso?

 

A única coisa que estava adequada para o tipo de lugar e moto que ele estava era a jaqueta e o capacete.

 

 

Juro que fiquei com pena dele, porém não falei nada. Com o absurdo crescimento no Brasil de vendas de motocicletas está também crescendo os números de maus vendedores e produtos imitando os originais que acabam colocando em risco a vida do piloto, por isso que eu digo:

 

- Antes de comprar uma moto, entrar em um curso ou comprar equipamentos, informe-se antes, a internet está ai para nos ajudar.

 

Fabiano Toledo

publicado por motite às 21:15
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 14 seguidores

.Procura aqui

.Junho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Carta de um leitor

.arquivos

. Junho 2019

. Março 2019

. Junho 2018

. Abril 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds