Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2008

Homenagens

 

(Livro-TCC: tão bom que não parece TCC. Foto da capa: Daíza Lacerda)

 

Homenagem é uma coisa estranha. No Brasil são comuns as homenagens às personalidades que mais ferraram do que ajudaram. Por exemplo: os bandeirantes, que massacraram os índios de Sul a Norte e viraram nome de ruas, estradas, ganharam estátuas gigantes como a ridícula Borba Gato de São Paulo e se tornaram heróis.

 
Ou militares que mandaram jovens para a morte em batalhas duvidosas como a Revolução de 32, a Revolução Farroupilha, ou que promoveram chacina política em um golpe de Estado. Eles estão por aí em estátuas, pontes, ruas e estradas.
 
Existem homenagens em forma de prêmio. Oscar, Pulitz, Prêmio Esso, Jaboti etc. Ou o prêmio Abraciclo, que é conferido aos jornalistas que escrevem sobre motos e bicicletas. Ganhei duas menções deste prêmio: uma em 1983 e outra em 2006. Em 2008 um trabalho meu sobre dicas de pilotagem foi premiado, mas inscrito pelo diretor do filme Alma Selvagem, Renzo Querzoli e ele que foi receber o prêmio*.
 
Não mandei nenhum trabalho para o prêmio Abraciclo porque não gosto de ver meu trabalho de uma vida inteira ser comparado com de jornalistas que escrevem uma vez ou outra sobre o assunto, muitas vezes com um texto claramente "inspirado" no trabalho de outros profissionais.
 
Mas em 2008 recebi a homenagem que considero maior que qualquer prêmio seja em estatueta ou cheque. A estudante de jornalismo Daíza Lacerda – que conheci pela comunidade do Orkut – apresentou um trabalho de conclusão de curso que virou um livro intitulado “Motociclista: condutor de histórias” e recebeu 9,5 da banca. Sei que bancas raramente dão 10 porque é uma filosofia de trabalho: não existe a perfeição!
 
Este livro começa contando a história de um jornalista especializado: EU! E ela me descreve como “um homem robusto, de estatura média, ligeiramente careca”. Se ela perdeu 0,5 ponto no trabalho foi por culpa desse “ligeiramente careca”. Ninguém é rapidamente careca. Careca é uma coisa que demora muuuuito para conseguir e fica pra sempre!
 
O capítulo dedicado à minha pessoa é uma homenagem tão honesta, sincera e fiel que vale mais que qualquer prêmio. Livros são eternos, ficam registrados na Câmara Brasileira de Livro e no Arquivo Nacional. Ninguém pode contestar ou apagar. Está lá. Para sempre.
 
Por uma questão de investimento, Daíza fez apenas uma tiragem simbólica, mas se ela for esperta irá digitalizar e colocar, aos poucos, em algum de seus vários blogs. http://anohrien.blogspot.com/ ou http://daiza.blogs.sapo.pt/
O filme com a apresentação está no link: http://www.4shared.com/file/73066845/dae95bbe/Apres_TCC.html
 
Daíza, tenha certeza que você já uma jornalista, infelizmente, porque bem que eu avisei para ser médica, arquiteta, bióloga...
 
+      +       +
 
(Mulher no guidão! Tudo de bão!)
 
O destaque do livro fica por conta da visão fiel sobre a moto. Daíza conseguiu fugir da armadilha de fazer o discurso em defesa da moto, motoboys ou, pior, enaltecendo as “mulheres motociclistas”. A postura foi muito fiel a quem vê um assunto sem contaminar com as experiências e filosofias pessoais. É a chamada isenção, tão difícil de conseguir no jornalismo e na vida.
 
Ela usou o tema “moto” por ser ela mesma uma motociclista que não se intimida em pegar 300 km pilotando a CGzinha. Se as empresas do setor motociclístico ainda tivessem profissionais com esta paixão sincera podem ter certeza que teríamos campanhas muito mais humanas e menos comerciais.
 
Parabéns, Daíza, e muito obrigado por me tornar eterno!
 
-------------------------------------------------------------------
* Obs: A pedido do diretor Renzo Querzoli, devo esclarecer ao público que a inscrição do capítulo "Pilotagem Segura" do filme "Alma Selvagem" no Prêmio Abraciclo de Jornalismo foi feita com o meu consentimento. E que não inscrevi em meu nome por não concordar com os critérios de julgamento do referido prêmio. Portanto, declaro publicamente que abro mão do prêmio de R$ 4.500 em dinheiro conferido à empresa organizadora do prêmio e faço tornar público que não houve qualquer ato de má fé por parte do diretor do filme.

 

publicado por motite às 11:53
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Ana Pé de Pano a 12 de Dezembro de 2008 às 13:10
E há uma história ali contada, que você também conhece muito bem, rs.
De Daíza Lacerda a 12 de Dezembro de 2008 às 13:50
Tite, eu é que agradeço!!

Só uma correção: essa careca me custou 1 ponto, a nota final foi 9,0!!

Então esquece o "ligeiramente", considere simplesmente "careca" hauhauhau

Valeu, muito obrigada!

De Lucio a 12 de Dezembro de 2008 às 14:02
Parabens Daiza. Fiquei curioso agora sobre o livro.

Vê se marca de ir ao MM de matao e leve um reservado para mim. :)

Aproveite tambem Tite pra comparecer pra mais uma confraternização.
De Juliano Schiavo a 12 de Dezembro de 2008 às 17:10
Acompanhei a Daíza nesse processo de produção de livro-reportagem e vi como ela se entregou de corpo e alma para a produção do livro. Ela literalmente mergulhou no tema e, apesar da forte paixão pela moto, soube usar com maestria as palavras certas para descrever a realidade.
O trabalho ficou excelente. Parabéns Daíza!!!

=)
De Vitor a 13 de Dezembro de 2008 às 02:32
Parabéns Daiza e Tite por colaborarem um com o outro e ambos com o mundo da motocicleta.
De Andre a 13 de Dezembro de 2008 às 12:11
Mas tite você já é eterno, quem lê seus textos, entra todo dia no blog, sabe que você merecia uma estátua no meio de uma praça.
De Stênio a 15 de Dezembro de 2008 às 00:23
Agora fiquei imaginando uma estátua do Tite, em tamanho natural, ou seja, pequena, com as pombinha fazendo seus 'deveres' na careca dele. huauhuhauhahuhuah

Ia ser zoado muito!!!!

Mas até que merecia. E em cima de uma motoca. :-)

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 14 seguidores

.Procura aqui

.Junho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Os dias eram assados. Com...

. Scooter mania nacional

. Ainda melhor!!!

. Motociclista, esse esquec...

. Salão no Rio em nova data

. Tudo que você queria sabe...

. Quem experimenta pede Biz

. Salão da recuperação

. Viajar de moto é tudo de ...

. Honda Day: as novas CB 65...

.arquivos

. Junho 2019

. Março 2019

. Junho 2018

. Abril 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds