Terça-feira, 27 de Outubro de 2015

O que fazer quando a moto não pega!

oficinazuada.jpg

Alguma dessas peças está problema, mas qual?

Quem nunca passou por isso: deu na partida e... nada!

Coisas mecânicas são assim mesmo: está tudo funcionando direitinho até que, do nada, resolve parar. Os motores de motos (e todos os outros) evoluíram muito. Hoje a eletrônica comanda quase tudo e já existem tantos componentes eletrônicos que uma oficina já tem uma série de tem instrumentos digitais como ferramentas.

Aí quando o motociclista acorda sábado de manhã, louco para dar um rolezinho, gira a chave, aperta o botão da partida elétrica e... nada! Aperta de novo e nicas! E de novo e de novo até começar a pensar seriamente nos efeitos de um palito de fósforo aceso dentro do tanque de gasolina. Calma, antes de explodir sua motoca vamos tentar desvendas esse mistério chamado motor!

O motor a combustão só precisa de duas coisas pra funcionar: combustível e eletricidade. A eletricidade é o estopim de uma explosão que acontece dentro da câmara de combustão. Se um desses elementos falhar a combustão não acontece e a moto não pega.

Como o mundo se divide em motos carburadas e injetadas e estas últimas são mais simples, vou começar por elas.

As injetadas

Antes e mais nada verifique se TEM combustível! Tá bom, eu sei que é óbvio, mas você ficaria surpreso pela quantidade de vezes que fui socorrer um amigo motociclista para descobrir que o tanque estava vazio! Nas motos mais modernas o tanque nunca seca totalmente para não queimar a bomba de gasolina (n.d.r: vou usar “gasolina” como genérico de combustível, mas tem etanol também, tá?), por isso o motociclista abre a tampa, chacoalha a moto, ouve o som de líquido, mas a bomba não puxa mais nada. Por isso, nas motos injetadas jamais deixe o nível chegar na reserva, mantenha sempre acima de ¼ de tanque.

Se tiver combustível e mesmo assim não pega é preciso saber se está chegando no motor! Como as motos injetadas tem bomba de gasolina é preciso checar a bomba. Ao ligar a moto, a bomba faz um zumbido baixo, mas audível, tipo um biiiizzzzzz. Se não fizer esse som ainda não se desespere porque tem um detalhe que faz muita gente se descabelar sem motivo. Verifique o corta-corrente (se tiver), é aquele botão que fica no punho direito, geralmente vermelho, também conhecido como “engine-stop” (pára-motor). Sim, eu sei que parece bobagem, mas uma vez vi um cara empurrar uma moto por quilômetros só porque o corta-corrente estava desligado. Pior, sob um sol de torrar os miolos.

enginestop.jpg

 Antes de botar fogo na moto veja se o engine stop está ligado!

Se o engine-stop estiver na posição “on” e a bomba não emite o zumbido aí sim pode se descabelar, porque é sinal que a bomba queimou e não há o que fazer a não ser chamar o guincho.

Tem combustível, a bomba está funcionando, a bateria está carregada, o motor de partida funciona e a moto não pega! Então deve ser problema elétrico. Se a bateria está boa é sinal que a eletricidade não está chegando na vela. Só tem um jeito de conferir: retire a vela, coloque no cachimbo e deixe perto do motor. Não segure no cabo nem no cachimbo nem na vela porque vai passar uma corrente elétrica e dar um choque da p***. Repare se a vela produz faísca, se não produzir é realmente alguma pane no sistema que está impedindo a eletricidade de chegar ao motor, pode ligar pro guincho. Se tiver produzindo faísca e chega combustível então só chamando um padre exorcista, porque deveria funcionar! Mas antes de partir para as lidas espirituais, faça uma última checagem: se a moto tem bloqueador ou chave geral. Já paguei os pecados tentando ligar um scooter porque desliguei a chave-geral sob o banco e esqueci... pior: foi na Itália, à noite e num domingo, sem uma viv’alma pra me ajudar!

vela.jpg

 Retire a vela, encaixe no cachimbo, fique longe e dê a partida: precisa fazer uma faísca.

Outro sistema que costuma dar pau é o sensor do cavalete lateral. Algumas motos tem um sensor que impede a moto de ligar se ela estiver engatada com o pezinho abaixado. É comum em scooters o dono esquecer e tentar ligar sem recolher o pezinho ou apertar a manete de freio. Um amigo meu desmontou metade de um Burgman 400, trocou a bateria para descobrir que o “defeito” era o pezinho abaixado! Também pode acontecer de esse sensor estar pifado e impedir a moto de ligar.

E não esqueça: algumas motos só acionam o motor de partida com o câmbio em ponto morto e outras com a embreagem acionada, mesmo se estiver em ponto-morto.

Carburadas

Aqui você pode se desesperar de verdade. Motores carburados tem muito mais peças que podem dar problema do que o injetado. A vantagem é que, ao contrário da injeção, o carburador sempre tem conserto. Enche o saco, mas tem!

As primeiras atitudes são as mesmas do motor injetado, ou seja: veja se sem combustível! Depois verifique se não esqueceu o engine-stop desligado ou o pezinho lateral abaixado. Verifique ainda a torneira de combustível, porque ela pode estar fechada. Sim, isso acontece com todo mundo... Conferiu tudo isso, comece sempre pelo mais fácil, que é a faísca da vela. Retire a vela, encaixe no cachimbo e dê a partida (mesmo que seja no pedal) para ver se aparece a faísca. Se o ambiente estiver muito claro será difícil de ver, tente pedir ajuda pra alguém.

Recoloque a vela e vá para a pior parte: o carburador!

Primeiro retire a mangueira que sai do tanque de gasolina e veja se desce o líquido. Às vezes, de tão suja, aquela pequena peneira da torneira entope de não deixar chegar o combustível. Se está chegando gasolina no carburador e a moto não pega pode ser uma miníscula, mas pentelhíssima peça chamada agulha da bóia. Às vezes a gasolina resseca dentro do carburador e essa agulha emperra. O sintoma de agulha emperrada é que sai gasolina direto pelo respiro da cuba. Numa situação de emergência dê umas pancadinhas na cuba do carburador para ver se solta a agulha. Se não soltar prepare o saco e leia esse ARTIGO.

O carburador é um emaranhado de mistérios e cheio de pequenas peças que podem dar pau. Às vezes na estrada – se o motociclista tiver ferramenta – pode-se até sair do sufoco usando apenas uma chave philips e conhecimento.

Mas se a moto insiste em não pegar, mesmo com eletricidade e gasolina, pode ser o excesso de gasolina que está atrapalhando. Algumas motos com carburador a vácuo ou em diafragma injetam um pouco de gasolina quando se abre o acelerador, mesmo que seja mínimo. Essa gasolina “engasopa” a entrada dos giclês ou do coletor e “afoga” o motor. É fácil perceber porque fica um cheiro de gasolina por todo quarteirão. Basta esperar um pouco até a gasolina secar.

A voz do dono

Sabe aquela história de que o cachorro reconhece a voz do dono? Tem motociclista que jura de pés juntos que a moto reconhece quando é ele que está em cima. OK, não vamos chamar o Pinel, ainda, mas se tiver um Lexotan por perto pode ministrar.

No tempo das motos com partida a pedal alguns motociclistas sabiam exatamente como colocar o pistão no PMS (ponto morto superior) para bombar o acelerador e ... pimba! Dar a pedalada mágica. Lembro quando a Honda tirou o pedal de partida da CB 450 e um leitor me escreveu indignado, porque ele tinha um ritual diário: com a ignição desligada, ele dava duas a três “pedaladas”, depois girava a chave e só assim acionava o botão da partida elétrica. Segundo ele isso servia para lubrificar o motor antes de entrar em funcionamento.

Nessa época eu não era muito paciente com leitores (não diga!) e respondi com uma pergunta: e você também faz isso com seu carro? Espeta uma manivela no eixo do girabrequim, dá duas ou três voltas e só depois dá a partida? Claro que não! Não precisa, assim como não precisa fazer isso com as motos!

Mas eu lembro de uma velha moto que só eu conseguia fazer pegar na primeira tentativa. Não tinha a ver com o “reconhecimento do dono”, mas eu sabia exatamente o momento certo para girar o acelerador enquanto montava no pedal de partida. Se não pegasse na primeira, ai, ai... toca pedalar!

Algumas dicas extras para quando a moto se recusa a pegar:

  • Quando a bateria estiver descarregada cuidado ao tentar dar o “tranco”, porque algumas motos com injeção eletrônica precisam de eletricidade para fazer a bomba injetora funcionar. Mesmo que empurre quilômetros a fio e pulando no banco a moto não vai pegar porque não tem corrente elétrica suficiente.
  • Pelo mesmo motivo fique esperto com a tal “chupeta”, porque se inverter os pólos positivo e negativo pode queimar a ECU da moto.
  • Também fique esperto com o tal calço hidráulico. Geralmente acontece só em motos carburadas porque de tanto tentar ligar a moto o motor fica encharcado de gasolina. Aí quando o pistão sobe encontra o líquido lá dentro e dá um calço capaz de entortar a biela.
  • Não tente, jamais, rebocar a moto com corda ou cabo de aço. A corda pode entrar na roda e causar graves acidentes. Se parou chame um guincho ou empurre no braço mesmo.

Recomendo também a leitura desse outro TEXTO.

 

publicado por motite às 20:48
link do post | comentar | favorito
84 comentários:
De Ton Cassiano a 29 de Outubro de 2015 às 14:03
Caramba, Tite. Além das risadas - você tem uns amigos gênios, hein? - muitas memórias dos tempos em que minha montaria era uma Yamaha Carona e por vezes se recusava a dar sinal. Acho que passei por várias dessas situações: falta de gasosa, mangueira/torneira entupida, carburador...
Hoje ando de XJ e nem de longe contemplo fazer o teste da vela, pois nessas quadricilíndricas mudérnas chegar até as velas é uma viagem quase sem retorno.
Abraço de um leitor de longa data.
De Marcelo a 2 de Novembro de 2015 às 18:15
Tem como fazer scooter com câmbio cvt pegar no tranco caso o problema seja a bateria ?
De motite a 3 de Novembro de 2015 às 02:45
Não, Marcelo, scooter não pega no tranco! se náo tiver pedal de partida o único jeito de funcionar é fazendo uma transferência de carga na bateria, popularmente conhecida como (argh) chupeta!
De Walcker a 2 de Março de 2016 às 03:23
Tenho uma cbx aero foi reformada inteira ano passado, feito limpeza carburador e tudo pega bonitinho, mas ontem vindo trabalhar passei naqueles morrinhos que a rua tem dar um pequeno impulso pra cima sabe, quando chegou a uns 100 mts ela morreu e nao pega mais nem no tranco, tem bateria e gasolina o que pode ser?
De motite a 2 de Março de 2016 às 12:46
Wlacker, isso acontece normalmente porque a bóia sobe e desce rápido com o impacto e a agulha fica travada. Veja se pinga gasolina pelo respiro do carburador. Normalmente se vc der umas batidinhas na cuba do carburador ela solta, mas é melhor abriri a cuba, retirar a agulha da bóia e polir a sede da agulha, ou trocar a agulha de uma vez. Aproveite pra ver se a bóia não está rachada.
De Walckrr a 24 de Março de 2016 às 05:53
Rapaz mandei fazer a limpeza carburador da aero, eu sai pra trabalhar andei 800 metros e o motor desligou sozinho, tentei dar partida nao pegava, dei um tranco e pegou, o que pode ser...parece q corta corrente do motor algo.
De motite a 29 de Março de 2016 às 02:20
se for na parte elétrica não tem nada a ver com o carburador. Veja se não é o sensor do corta-ignição ou da marcha engatada. Se estiver pegando no tranco pode também ser nível de bóia que deixa a moto afogada. Veja se está descendo gasolina por alguma mangueira.
De Rael Carvalho a 1 de Maio de 2016 às 16:35
Cara, tenho uma biz, 2008...estava não liga nem.com reza..
Já fiz quase tudo...tirei carburador, esgotei, tirei vela, limpei,...a elétrica não funciona, ta no pedal...e nada..
Estou a 200 km de um mecânico...
O que posso fazer? Já me falaram até, que pode ser CORRENTE DE COMAMDO??
EXISTE ISSO..??
Quem puder, ajude-me.
Obgdo.
De motite a 6 de Maio de 2016 às 16:48
Não acredito que seja corrente de comando, mas se a moto está sem partida elétrica pode ser não tem energia suficente para dar faísca na vela. Vc fez o teste pra ver se tem faísca?
Retire a vela, coloque só no cachimbo e dê no pedal de partida. Precisa aparecer uma faísca na base da vela. Faça isso no escuro. Se não tiver faísca aí pode rezar com mais fervor.
De Rael Carvalho a 11 de Maio de 2016 às 22:03
Boa noite.
Obrigado da resposta.
Para informação, estava sim passando eletricidade, tanto é que de raiva segurei a ponta do cabo... deu um choquinho até legal.

Abri o carburador, a agulha estava presa.

Agora GraÇAS A DEEUS.QUE..... FUNCIONOU..
De motite a 12 de Maio de 2016 às 14:47
KKKK seu maluco, eu escrevi para não segurar na vela!!!

ainda bem que deu certo, mas um choque às vezes faz bem.
De Paulo César a 21 de Maio de 2016 às 00:59
Boa noite amigo! Eu visitei vários sites e blogs sobre problemas em motos, e o seu de longe é o que mais e melhor tira as dúvidas dos leitores... mas no meu caso me vejo obrigado a fazer uma pergunta específica, é o seguinte; a minha burgman 400 não quer pegar, a bomba funciona ela faz aquele check quando liga a chave, mas quando dou a partida não pega, fui ver se tinha centelha na vela, e constatei que só dá " uma" centelha, só uma, depois dessa centelha mesmo sem soltar o botão de partida não dá mais centelha, aí solto o start e aperto de novo aí dá mais " uma" centelha e pronto... o que poderia ser? Desde já obrigado!
Ps: aquela parte do fósforo no tanque foi a primeira coisa que passou pela minha cabeça, kkkkk mas meu patrimônio é suado não vou queimar meu dimdim né?
De motite a 31 de Maio de 2016 às 22:46
PC primeiro veja se o pezinho lateral está abaixado quando vc tenta dar a partida. Depois veja se é o sensor desse calavele lateral, que por vezes fica emperrado com sujeira e não permite que o motor gire. E está certo, a vela dá só uma centelha mesmo, porque é para dar o start no motor, se o sistema percebe que o motor não ligou ele corta a corrente.
De Roberto a 26 de Maio de 2016 às 08:33
Oi amigo
Tenho numa fazer 2006
Hj ela parou de funcionar do nada
Mexi nos fuziveis , na vela mais o mecânico disse q as válvula empenhou e q tinha q leva numa retifica
Mais nao creio nisso será q ele ta certo ?
Essa fazer é meu xodó toda costumizada Lindona minha princesa
E agora estou sem saber o q fazer
Acredite deu vontade de toca fogo nela com tanto ódio q fiquei.
A bomba puxa fazendo a suada biizzzzz
O motor de arranque funciona tem corrente
Mais a moto não liga o q será amigo me ajude
De motite a 31 de Maio de 2016 às 22:43
Também não acho que seja as válvulas. É melhor procurar um outro mecânico! DE qual cidade vc é?
De edson a 26 de Maio de 2016 às 16:13
boa tarde, tenho um a fan 150 esi 2010 ela esta com a bateria carregada, vela nova, gasolina, e so esta pegando no tranco, o que pode estar acontecendo, a bomba de gasolina esta nova .
De motite a 31 de Maio de 2016 às 22:42
Pode ser o motor de partida ou o miolo da chave!
De Gabriel a 31 de Maio de 2016 às 21:31
Boa tarde , Tenho uma moto honda lead 2010 , Injeção eletronica .
eu giro a chave na ignição e nem sinal de vida, farois apagado , painel apagado , nao acende nada e nao da sinal ,como se eu nem tivesse virado a chave para dar a partida .
será que o problema é na ignição ou no rele ?
e ela nao tem o corta corrente .
obrigado .
De motite a 31 de Maio de 2016 às 22:47
pode ser o miolo da chave, mas já olhou se a bateria tem carga?
De Gabriel Dario a 1 de Junho de 2016 às 23:41
Ja sim , a bateria esta otima , deve ser então no miolo , neste caso eu teria que tirar a ignição ou nao necessariamente ?
De motite a 9 de Junho de 2016 às 03:30
Sim, provavelmente terá de levar a uma concessionária, porque esse miolo é um inferno pra desmontar.
De Kojeka a 5 de Junho de 2016 às 18:06
Meu camarada, suas dicas me ajudaram muito. Valeu!
De osvaldo manoel da silva a 23 de Junho de 2016 às 00:08
boa noite tudo bem, cara minha moto é uma Darlim ano 98, bateria nova com gasolina, esta sem o pedal de partida, estou ligando na partida eletrica, conferme estou andando com ela, derrepente ela para do nada. viro a chave e não acende nada. Por favor me ajude, o que deve ser, a esqueci de falar que o cabo que liga na vela não chega até o final da vel, pois esta passado fita isolante, já comprei assim tenho que trocar.
Meus agradecimentos
De motite a 29 de Junho de 2016 às 13:52
Osvaldo
A primeira coisa a fazer é trocar esse cabo da vela. A segunda é colocar um pedal de partida porque se a bateria falhar vc fica na mão e a terceira é fazer uma revisão geral no sistema elétrico.

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 13 seguidores

.Procura aqui

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Salão da recuperação

. Viajar de moto é tudo de ...

. Honda Day: as novas CB 65...

. Prazer em encolher: Ducat...

. Linha 2018 Honda chega co...

. Vide Versinha

. Comprei um capacete!

. Indian Motorcycle comemor...

. É uma BMW! Teste da BMW G...

. Parque de diversões, um d...

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds